Archive for December, 2006

Inspirações

Posted in Uncategorized on December 23, 06 by escultor

O conjunto de escultura tribal em madeira, que vi recentemente em Paris, no Quai De Branly, provocou em mim uma tremenda vontade de explorar outros materiais. Fiquei deveras impressionado com a escultura, sobretudo da Oceania, e por isso passo a aconselhar e a sugerir esta visita. Só por acaso (??) acabei de encomendar um motoserra de explosão com 3.5kg, próprio para manusear com uma só mão. Quero fazer a ponte com a arte mais genuína e pura. É esta a energia que me move… Hoje! Todos os nascidos com mais de 5000 anos são bem vindos com novas ideias.

 

Vruummm…. a motoserra já corta

Posted in Uncategorized on December 15, 06 by escultor

           motoserra1.jpg       motoserra.jpg  Os primeiros cortes com a ‘famosa’ motosserra. É espectacular… Os trabalhos em madeira vão nascer!                                                                    

O prometido é de… madeira

Posted in Uncategorized on December 13, 06 by escultor

Cá está. Demorou mas chegou. E com honras de primeira página. Agora já sabem porque tenho andado afastado das lides virtuais. Não pode dar para tudo e as artes estão sempre em primeiro lugar. Mesmo assim, prometo ir dando conta do trabalho que estou a realizar e das inspirações do momento.

Falta de tempo….

Posted in Uncategorized on December 7, 06 by escultor

Ainda não deu para me organizar, mas em breve surgirá algo de novo. Aqui e no atelier. Está prometido!

Pós Paris

Posted in Uncategorized on December 5, 06 by arbef

Regressei ensonado, mas cheio de ideias.Vou virar mais uma página.

Já está…

Posted in Uncategorized on December 4, 06 by escultor

FOTO PAULO CUNHA    Já fui e voltei. STOP.Voei na Ryanair e correu tudo como previsto. STOP. As perspectivas são boas. STOP. Há uma galeria interessada. STOP.

    Até já!

Respirar Paris

Posted in Uncategorized on December 2, 06 by escultor

 

De bicicleta por Paris

Pois é! Cá estou na cidade luz. A respirar cultura e expirar ideias. Vai sair daqui qualquer coisa nova. Em breve, conto tudo.

Até já!